Este livro é a tradução do “Level UP! The guide to great vídeo game design”, de Scott Rogers. Mais um livro de game design traduzido para o português! Muito bom, quanto mais melhor.

O grande ponto positivo desta obra é que o autor é game designer (fez Pac-Man World, a série Maximo, e colaborou com Darksiders e God of War [criou lutas de boss], dentre outros), então é feito de designer para designer. Totalmente prático e direto, com vários exemplos e escrito de forma muito simples, fácil de entender. Não usa nenhuma teoria complexa, é digamos um grande manual do bom senso, tudo que deve ser feito para criar um bom jogo, além das dicas exclusivas devido a experiência do autor.

livro1

Outra grande vantagem é a formatação, com fonte clara e grande, muitas ilustrações do próprio Scott e humor! Um dos poucos livros da área que realmente usa humor. Em algumas partes é forçado ou tem aquele estilo americano de humor que não tem tanta graça para nós, mas no geral costuma funcionar muito bem. Ele criou umas pequenas teorias como o “triângulo da esquisitice”, e explica o que isso quer dizer… (resumindo você deve deixar o jogo estranho em somente um dos elementos do triângulo: personagens, atividades ou mundo)

livro8

Não tem muito material exclusivo, não fala nada tão diferente de outros livros da área, mas a gente também pode aprender quando lê coisas conhecidas, só que de um ângulo diferente, escrita de outro jeito. E os exemplos sempre são únicos, então ajuda a pensar de outra forma.

 

Será uma leitura leve, divertida e rápida. Mesmo com quase 500 páginas, o livro passa voando, apesar que muitas das páginas finais são dedicadas a exemplos de documentação e outros materiais de apoio; como umas listas divertidas e talvez úteis: temas clássicos de histórias de jogos, ambientes comuns, mecânicas e perigos. Basta dar uma olhada e poderá ter algumas ideias para usar no seu projeto…

livro4

livro2

O autor também usa a teoria dos 3 Cs, que seriam os elementos mais importantes para definir quando está criando um jogo, pois qualquer alteração neles poderia estragar todo o projeto: Character, Camera, Control (Personagem, Câmera, Controles).

 

Recomendo fortemente, seja para quem está começando na área ou já tem mais experiência. Mas certamente é um livro mais focado para iniciantes.

 

Alguns assuntos que ele aborda:

  • Diferentes tipos de profissionais que trabalham na criação de um jogo
  • Ideias: onde consegui-las, o que os jogadores querem
  • Escrevendo a história
  • Papelada do jogo: Game Design Doc, de página única, de 10 páginas, e a versão completa
  • 3 Cs, parte1: Personagem
  • 3 Cs, parte2: Câmera
  • 3 Cs, parte3: Controles
  • Interface
  • Level design
  • Elementos de combate, mecânicas
  • Multiplayer
  • Música

 

E a obra é encerrada com uma receita de chili! (?!)

Agradeço à editora Blucher pelo livro. Seguem mais algumas imagens dele:

livro7

livro3livro5livro6