ICO é um dos maiores clássicos do PS2 (depois relançado em HD para PS3). Não só é um clássico para estas plataformas da Sony, é também um clássico da história dos jogos. Um dos primeiros títulos que usou como personagem principal um menino praticamente indefeso que luta para escapar do castelo onde foi deixado para morrer. Ele também precisa ajudar uma menina que encontra, ela tem o poder de abrir as portas seladas com magia. Os inimigos do jogo são sombras que tentam capturar a menina, então o personagem depende dela e ela depende dele. Esta relação entre dois seres frágeis em um mundo hostil, foi um dos elementos que tornou ICO fantástico (além da qualidade gráfica, do gameplay, …).

Acho que todo mundo já jogou esta obra prima, mas e o livro, leu? Por não ser muito conhecido por aqui, resolvi fazer uma pequena divulgação dele.

A história do jogo é bem minimalista, logo no início vemos o menino sendo escoltado e colocado numa espécie de sarcófago dentro do castelo, deixado para morrer, provavelmente um sacrifício por ele ter nascido com chifres. O motivo disso fica subentendido, sem muitas explicações. Então por sorte ele consegue se libertar e agora precisa sair do castelo. Encontra e salva a menina de luz que estava presa um uma jaula, e luta para defendê-la das sombras que querem capturá-la.

A menina não fala a mesma língua do menino, então eles só se comunicam por gestos, além de ICO (o menino tem o mesmo nome do jogo) pegar sua mão e conduzi-la pelo castelo. (detalhe interessante, depois que acabar o jogo, na segunda jogada, o que a menina diz aparece com legenda em inglês, antes eram só símbolos).

 

Micro spoiler:

Depois encontram a rainha do castelo, e num momento star wars, descobrimos que ela é a mãe da Yorda – a menina de luz. Porém a rainha é feita de escuridão… E no final há ainda uma espada com magia que ICO usa para destruir a rainha.

(na realidade foi um super spolier, mas como todo mundo já jogou… virou micro)

 

A história não é contada com detalhes, muitos pontos ficam em aberto.

Depois veio outro clássico, Shadow of The Colossus, que contava outra história no mesmo universo de ICO, e no final havia uma grande ligação com o início de ICO.

 

Já o livro ICO – Castle In The Mist é uma obra independente, pois não leva em consideração Shadow of The Colossus. É escrito por Miyuki Miyabe e traduzido para o inglês por Alexander Smith. Esta autora escreve desde 1987 e é uma das mais populares autoras japonesas, este livro é a sua 17ª obra traduzida para o inglês.

Foi escrito com a permissão dos criadores do jogo, porém toda história é criada por ela, pois recebeu total liberdade para escrever como quisesse. Então algumas partes do livro são idênticas a cenas do jogo (fácil de imaginar para quem já jogou), outras são só baseadas em alguns momentos, e outras (a maioria) totalmente criadas.

ico-livro

O livro tem 370 páginas. A história foi bem trabalhada pela autora, e responde várias questões como:

 

  • Afinal porque ICO foi deixado para morrer no castelo? Por que ele era um sacrifício?
  • O que é, qual a origem da rainha? Qual seu poder, seu papel em toda a história?
  • Quem foi o pai de Yorda, qual sua importância?
  • Como era a tradição, os costumes na vila onde ICO nasceu?
  • Como em um castelo tão antigo e abandonado as tochas ainda permaneciam acesas?
  • O que eram as criaturas de sombra? Por que elas queriam capturar Yorda a todo custo?
  • Qual a origem da espada que derrotou a rainha? Que magia havia nela? Por que ela estava escondida na entrada inferior do castelo?

Dentre várias outras questões, além do importante papel de outros personagens que não posso comentar aqui para não estragar a surpresa que quem lerá o livro.

 

Eu gostei bastante, a história é criativa e dá uma unidade para todo o enredo de ICO. Porém algumas partes são um pouco longas e até forçadas, mas no geral recomendo.

Por exemplo, só para o menino chegar no castelo, há 100 páginas de texto, descrevendo muitas coisas que ocorrem antes do início dos acontecimentos que vemos no jogo.

 

Certamente este livro poderia ser adaptado para virar um ótimo filme. Usa muito bem o universo de ICO, mas não é só focado no que foi mostrado no gameplay do jogo. Mas você deve esquecer Shadow of The Colossus, porque a existência dele entra em grande conflito com o livro, afinal são histórias diferentes.

 

Uma grande vantagem é o preço, custa menos que US$ 12,00 na Amazon.

Recomendo para quem já jogou, pois acho que o livro fica mais abstrato e difícil de acompanhar sem ter passado pela experiência do jogo.

 

E quem sabe, se um dia sair, jogarei The Last Guardian. Muito provavelmente a história dele terá boas influências pelo universo de ICO e vice-versa. Enquanto isso… o livro é uma boa opção.