Como queria melhorar a história do jogo que estou ajudando a desenvolver, resolvi ler alguns livros sobre game writing, procurando algum título que ajudasse a ter boas idéias de como aperfeiçoar o roteiro, deixá-lo mais empolgante, etc.

Consegui emprestado o livro Professional Techniques for Video Game Writing, sem ter a mínima noção se ele prestava ou não. Então segue aqui minha breve análise.

 

O livro não trata em si de como fazer um roteiro, de como escrever frases limpas, eficientes para os personagens ou algo assim, ele trata mais do ofício do game writer, o que ele faz exatamente, como entrar nesta área, dicas para trabalhar com dubladores e muito mais. É interessante, mas não foi exatamente o que eu buscava. Nenhuma leitura é desperdício, sempre se aprende algo, mas este livro não ajudou muito com o meu objetivo, então seguirei procurando outros. Se alguém tiver uma boa dica de livro da área, agradeço. Claro que há livros para roteiro em geral, mais focado em cinema, mas queria se possível algo adaptado ao VG.

Dentre outras coisas o livro aborda os seguintes temas:

  • Como entrar na área, como deve ser um portfolio para escritores, importância do networking (rede de contatos); além da história do começo de carreira de alguns writers, como eles entraram na indústria.
  • Formatos de documentos (apesar do autor reconhecer que não há um formato definido como padrão na indústria); aprendendo a usar Excel (uma dica curiosa: planilhas eletrônicas podem ser melhores que editores de texto em alguns casos, como colocar frases que serão dubladas, dentre outros elementos que podem ser indexados e editados de forma mais fácil em uma planilha)
  • Em cada capítulo há exercícios de escrita de diálogo, criação de docs, estrutura narrativa. Mas são citações simples como: escreva 10 linhas de diálogo para um personagem que você gosta, etc. Nada que empolgue a fazer realmente.
  • Fala sobre alguns tipos de docs, como pitch docs (concept doc ou vision doc), além de exec doc. Comenta as partes que um doc precisaria ter para demonstrar a idéia para um Publisher.
  • Fala do game design doc, como escrever manuais, texto in-game, créditos, tutoriais, mapas. Mas se resume a dizer que o texto deve ser limpo e direto, etc. Nenhuma dica extraordinária.
  • Comenta brevemente sobre o narrative designer, mistura de designer com escritor (ajuda a criar história, fazer ela encaixar com o mundo do jogo, além de escrevê-la em si, seria uma profissão nova, um escritor que também contribui com game design geral)
  • Game writing a distância vs in company.
  • Escrevendo para todas as audiências, idade, sexo, etc.
  • O escritor no estúdio de gravação: casting, trabalhando com o diretor de voz, criando roteiros para dubladores, etc.
  • Como escrever guias de estratégia.
  • Game writer e a narrativa no futuro: histórias emergentes (qual o papel do escritor quando o jogador é que cria a história baseado em suas ações…)
  • No final do livro há alguns exemplos de documentos de jogos reais: concept doc, descrição de personagens.

 

Resumindo, se você quer entender exatamente o que um escritor faz no trabalho de desenvolvimento de um jogo, é um livro interessante. Fora isso tenho minhas dúvidas do quanto vale a leitura. Irei experimentar outros livros da área e se nenhum ajudar muito, vou acabar indo pelo caminho tradicional: livros de roteiro para cinema.

 

Outra coisa ruim destes livros da igda (International Game Developers Association): a formatação. Usam uma fonte muito pequena, com grande margem branca (desperdiçada) na borda da página. Não empolga a leitura…

Uma boa formatação faz um livro fluir muito melhor, mas este não é o caso.