Como ando sem tempo para escrever sobra a minha viagem para GDC (missão técnica Unisinos), vou colocar aqui por enquanto uma lista de achievements pessoais que “destranquei” através da viagem:

 

check Participar da GDC! (óbvio)

check Ficar frente a frente com o Sid Meier.

check Conhecer Will Wright.

check Tirar uma foto com Will.

check Conhecer Jonathan Blow.

check Descobrir que Jonathan não gosta de tirar foto… (E negou autógrafo para outra pessoa que pediu, pois de acordo com suas palavras: “O que importa é o jogo, não eu”… então tá né, fazer o quê? Fiquei sem foto oficial…)

check Fazer tour pelos estúdios da Sony, Nintendo, Namco, Mixamo. E conhecer alguns dos “cabeças” por lá.

check Momento épico: estar indo para reunião com executivos da Nintendo ao som de Led Zeppelin e Rush. (escolha espontânea do motorista da van, no rádio)

check Comprar um jogo no dia do lançamento e pagar o preço justo dele.

check Testar o PS Move antes do lançamento (o negócio é bom mesmo!) e conhecer o pessoal de R&D da Sony que o desenvolveu.

check Conhecer (por muito tempo) os aeroportos de El Salvador (América Central) e Lima (Peru)…

check Ser atacado por um micro filhote de escorpião.

check Comprar uma bola que vira ao avesso ao ser jogada para cima.

check Descobrir o quanto interessante é a integração entre PSP e PS3.

check Contribuir com a aproximação do consulado brasileiro de San Francisco e as grandes empresas de jogos, para quem sabe um dia ajudar a melhorar a situação da indústria no Brasil.

check Ver as demos em 3D (stereo) da CryEngine 3, PS3, Intel.

check Pegar várias seções lotadas na GDC, ficando de fora.😦

check Visitar a GameStop (loja de jogos, o paraíso gamer na Terra)… várias vezes.

check Descobrir como funciona aquele chuveiro bizarro do hotel.

check Atravessar a Golden Gate.

check Comer no Burger King e StarBucks direto por mais de uma semana.

check Descobrir que meu cartão de crédito funciona 30x mais rápido nos EUA que no Brasil. (3s até a nota ser impressa, sem precisar de senha!)

check Participar de exercícios práticos de game design com gente de vários cantos do mundo.

check Ter uma reunião com a Valve.

check Assistir ao vivo a premiação da Game Developers Choice Awards, com participação de Kyle Gabler, Gabe Newell, John Carmack, entre outros ícones da indústria. (com palestra do Sid)

check Ver de perto o crânio de uma girafa.

check Conhecer um museu-arcade primitivo, mais mecânico do que eletrônico.

check Ganhar camiseta, caneta e WiiPoints da Nintendo; créditos da PSN; jogo da Namco. (apesar que eu prefiro Street Fighter do que Tekken, mas que ninguém nos ouça!)

check Voar até a América Central com uma criança que chorava tanto ao ponto de me lembrar de Emily Rose (ou melhor, Anneliese Michel)

check Descobrir que existe Inca Kola e Pupusa.

uncheck Conhecer o Kojima. (ops, não foi desta vez…)

 

 

eu-e-o-will

Eis o mestre Will, que criou uma das séries (The Sims) mais vendidas da história.