28
maio
16

Glossário Universal de Game Design

Não seria interessante reunir em um único lugar todos os termos clássicos usados em game design? De forma que qualquer interessado poderia contribuir com definições, adições de novos termos, organização geral, etc.

Então montei um documento inicial, sem nenhuma pretensão de onde isso irá chegar. Se crescer de forma orgânica com a contribuição de várias pessoas, poderia se tornar um material realmente útil. (Algo como uma Wikipedia do game design?)

glossario

Fiz da forma mais prática e simples possível, criei uma planilha pública e aberta a edição, que reúne alguns termos importantes na minha opinião. Mas não coloquei definições destes termos, estimulando a participação de outras pessoas.

(Obs: divulguei este material primeiro para meus alunos da Unisinos, então uma boa parte do conteúdo inicial foi preenchido, mas há muito espaço para refinamentos e principalmente adições de termos novos.)

 

Quem colocar qualquer conteúdo novo como definições, comentários, ou até editar definições já existentes, pode assinar na coluna de AUTORES, semelhante ao jogo No Man´s Sky que permite batizar novos planetas que são visitados pela primeira vez.:)

 

A planilha pode ser organizada por categorias como termos usados somente em level design ou outras áreas específicas, além de termos gerais usados em todas as áreas de game design. É uma sugestão, no momento é só uma lista geral sem nenhuma grande organização formal.

Evidente que os termos listados por mim são somente o início, a ideia é que este material cresça e seja refinado por qualquer pessoa interessada em game design.

 

Participe e compartilhe!

Aqui está:

Glossário Universal de Game Design

02
maio
16

Como carregar dualshock e pulse headset na tomada

Não tem nada mais chato que você ir jogar e aparecer aquela mensagem de bateria fraca… Ai tem duas opções: ignorar e correr o risco de ter o jogo paralisado (pior ainda no Dark Souls 2, quando acaba a bateira o jogo continua sem poder controlar, pânico total!), ou colocar o cabo usb e ligar no console (só vai conseguir jogar se a distância do sofá permitir).

Outra possibilidade de carregar é deixar pendurado na porta usb do PC, por um bom tempo, depois que sair do console…

 

Não seria mais prático carregar na tomada comum da parede? Assim quando a bateria está mais ou menos gasta é só deixar uma noite na tomada e no outro dia estaria 100% pronto.

Pensando nisso achei no Mercado Livre um adaptador de cabo usb para tomada, era bem barato e deveria resolver o problema. Comprei, testei, e NÃO FUNCIONA! O controle se nega a carregar.

 

Dei uma pesquisada e parece que alguns dispositivos tem uma medida de segurança que não deixam qualquer adaptação simples de cabo funcionar na tomada. Precisa ser um carregador especial de melhor qualidade, que informa ao aparelho que está tudo seguro para carregar, algo não tão porcaria quanto o que comprei.

 

Achei uns carregadores oficiais da Sony para ligar até 2 controles ao mesmo tempo em uma base e colocar na tomada, mas era caro e difícil de achar no Brasil. Então acabei desistindo.

 

Algum tempo depois li em algum lugar que carregadores de celular funcionam! Será?

carregador1

Continue lendo ‘Como carregar dualshock e pulse headset na tomada’

10
abr
16

O poder da narrativa em Firewatch

firewatch1

Eu já joguei vários adventures, desde a época de outro da LucasArts, como Full Throttle, Day of the Tentacle, Sam & Max, etc. A fórmula continua a mesma até hoje, interface point and click, para o personagem andar ou pegar algum item, e muitos puzzles que precisam ser vencidos, impedindo o progresso da história. Só que muitas vezes os puzzles são difíceis, confusos, e exigem que o jogador explore cada canto do cenário para encontrar todos os itens necessários para resolvê-los.

Se você tranca no puzzle, não consegue evoluir e geralmente desiste, ou procura um guia para ter ajuda. Em todos estes jogos, em algum momento precisei de ajuda… Sempre tem um puzzle chato que parece não fazer sentido… Aquela sensação irritante de: “tá, o que faço agora?”

 

Acredito que o puzzle é inserido no jogo mais para dar uma pausa no desenrolar da história do que qualquer outra coisa, senão seguiria direto até o fim, sem desafio, como em um filme. Mas será que isso é tão ruim assim? Afinal você não está jogando o adventure principalmente por causa da história?

Continue lendo ‘O poder da narrativa em Firewatch’

10
abr
16

Onde comprar? Como gastar menos com jogos?

Eu fiz um artigo sobre onde comprar jogos e algumas dicas para gastar menos, no meu outro blog sobre jogos para crianças. O foco era para pais sem noção sobre este assunto, mas acho que pode ser útil para qualquer um, afinal o preço dos jogos no Brasil são tão salgados…

Então resolvi divulgar aqui também, dê uma conferida:

 

Onde comprar? – Guia para pais sem noção!

02
abr
16

O milagre da multiplicação de platinas

 

Você sabia que com 1 jogo é possível conseguir 3 platinas?

 

platinas

 

Lá na época do PS3 os troféus surgiram, então no perfil da PSN bastava salvar a lista dos jogos, com os troféus conquistados de cada um. Ai lançou o Vita, e alguns jogos tinham duas versões, podendo rodar tanto no portátil como no console de mesa. Com isso no perfil da PSN ficou salvo duas entradas para o mesmo jogo, um da versão PS3 e o outro Vita, de forma separada. Para saber de qual plataforma era, havia um pequeno ícone abaixo do nome do jogo.

 

E ai chega o PS4… e aconteceu a mesma coisa, agora eram 3 entradas para o mesmo jogo, se ele tinha versão para os 3 sistemas.

Continue lendo ‘O milagre da multiplicação de platinas’

27
mar
16

Hook: um esperto puzzle indie

Um jogo de 55Mb, em preto e branco, sem texto nem menus, poucos sons, feito por uma pessoa. Este é Hook, um puzzle bem diferente com um design super elegante e minimalista.

hook

Você aprende a jogar, jogando. Nenhum tutorial é necessário. Quando um círculo grande é clicado, emite uma espécie de sinal invisível, percorrendo a linha até chegar em uma (ou mais) barra escura, que será “encolhida”, desaparecendo. Seu objetivo é eliminar todas as barras; mas se uma raspar em outra enquanto é encolhida, game over.

fase1

Continue lendo ‘Hook: um esperto puzzle indie’

13
mar
16

Estreitando laços com Unravel

Lindo. Visualmente fantástico. Poético. Polido. Unravel é tudo isso. Um jogo com alma e coração. Você controla uma criatura feita de lã, que representa as ligações entre as pessoas, os elos que nos usem, o amor, a amizade, os momentos simples e felizes que as pessoas vivem juntas. E também o lado ruim, como a falsidade, decepção, traição. Mas o grande foco são os sentimentos positivos.

A história é bem solta, contada com algumas imagens, pouco texto, e a ótima ambientação dos cenários dentro do jogo. Na introdução, uma senhora idosa está em casa, olhando algumas fotografias, lembrando do seu passado. Ela carrega uma cesta com novelos de lã, e um deles – o vermelho, cai no chão quando ela sobe a escada para o segundo andar. Aparece então Yarny, o personagem de lã vermelha com olhos brancos.

 

Este ai é o boneco usado para as fotos que inspiraram a produção do jogo…23163909670274

Continue lendo ‘Estreitando laços com Unravel’





Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 45 outros seguidores